Spitting Out.

Angústia eu não sentia há algum tempo. Mas voltou com força total.

Medo eu sinto sempre.

Raiva, todos os dias que vou à rua e preciso interagir com seres humanos lerdos.

Compaixão vem sempre que penso nos filhos que sonho em adotar .

Tristeza já faz parte de mim, mas tento mascarar vez ou outra.

Alegria? Sábados de tarde, lá pra 13 horas, quando acordo e não tenho nada pra fazer.

Dúvidas me rodeiam desde o último semestre de faculdade.

Paz é só o que quero, mas nunca procuro.

Alívio vou sentir algum dia, não sei quando.

Saudades constantes de alguns que me afastei. E de alguns que se afastaram.

Esperança matei na casa da minha avó. Duas. Ficaram lá pro ano passado.

Mas hoje eu só vivo com a angústia, que não dava o ar da graça há tempos.

E definitivamente hoje eu não vivo, não convivo tampouco me livro. Se alguém tiver um antídoto me avise.

Anúncios