Quero Saber Bem Mais Que Os Meus Vinte e Poucos Anos

Infelizmente, hoje eu tenho 25 anos.
E acho que não me veio nada com isso. Só o peso de estar cada vez mais longe dos meus anos de criança e mais perto das milhares de responsabilidades de gente grande. Mas nem eu mesma me trato assim, então por que deveria ser?

Saí pra comprar um presente de aniversário e simplesmente não sabia o que queria. Como assim, uma pessoa adulta no auge de sua mocidade, juventude, nos seus tempos áureos, não sabe o que quer de presente? E ainda tenho que escutar: “você já passou da fase de dizer ‘não sei’, você já tem 25 anos.”

Aff. Já passaram 24 horas do dito aniversário. E na boa, sinto nada de melhor. Só me sinto pior. Vou voltar à vida normal, pro curso, pra casa, pra rotina. E voltar às mesmas coisas de sempre. Aff. Odeio. Odeio voltar pra realidade sem saber o que fazer com ela. Acordar, levantar, ir pro curso. Voltar pra casa.
Voltar pra casa, na verdade, é parte de uma nova rotina. Ainda nem tive tempo de me acostumar com ela, se é que vou.

Às vezes é melhor não acostumar com a “boa vida” de sessão da tarde. Preciso, mais do que urgente, me tornar uma advogada. Pegar naquela carteira vermelha e daí decidir meu futuro, se é que eu tenho futuro. E já era pra eu saber… como me disseram hoje, “como pode uma (futura) advogada ser tão indecisa?”. Nem eu sei. Nem eu sei como cheguei até aqui.  Só sei que cada dia quero algo novo e diferente; quero viajar; quero fazer curso no exterior; quero fazer curso no Brasil mesmo.

Será que quero ser advogada? Ter um escritório em sociedade? Ou ser funcionária pública? Procuradora? Juíza? Promotora Defensora? Não sei.
Rio de Janeiro ou Brasília? Manhã, tarde ou noite? Esquerda ou direita?
Não sei.

Engraçado como eu nunca sei nada, nunca sei de nada. Acho que já está na hora de saber o que quero. Não acredito que chegarei aos 50 sem saber absolutamente nada, ou sem ter aproveitado os 25 anos que estão por passar.

Grande aproveitamento da vida. Super Carpe Diem e Carpe Noctem, esse que tenho vivido.
E mesmo não sabendo o que quero daqui em diante, quero tudo que mereço. Já chega, né?
Chega de desperdício, chega de ócio. Começo agora, mesmo que hipocritamente, a viver minha vida. De indas e vindas. De amores e desabores.

E daqui pra frente “eu não abro mão nem por você, nem por ninguém, eu me desfaço dos meus planos, quero saber bem mais que os meus vinte e poucos anos”

Para mais bobeiragem: http://sweetvice.wordpress.com/

Anúncios

2 comentários em “Quero Saber Bem Mais Que Os Meus Vinte e Poucos Anos

  1. “Engraçado como eu nunca sei nada, nunca sei de nada. Acho que já está na hora de saber o que quero.”
    Essa foi a minha frase do feriado.
    Tamo juntas, amiga!

    Não queira se sentir diferente só porque o dia virou e com isso vc ficou um ano mais velha. Queira apenas aprender que a cada ano que passa a gente muda aos pouquinhos, e queira ter esperança e consciência que a gente tem que mudar pra melhor.

    Te amu demais!
    Bjusssssssssssssss

  2. Em 1981, com 25 anos e um diploma de bacharel em direito, eu poderia ter escrito a mesma reflexão! Sentia o passar dos dias de criança, o pêso da adulteza, e a falta de opções. Parecia que a vida estava no repeteco – casa-trabalho-casa, sem opções de mudança…

    Hoje, olho para aquele período com os olhos de quem tem 53 anos de idade e sorrio. Vivo longe do meu Recife, num outro país, amo o que faço (e não é Direito, não), e vivo uma vida tão inacreditável para aquele garoto de 25.

    O sêgredo? Caminhar à espera de surprêsas…

    Acredite e procure o que lhe vai fazer ser muito mais você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s