Qual é a da mentira e outros tópicos nada interessantes. Vá ler um livro.

Aff!
Não sei por que parei pra ler meu último texto. Nada contra ele, exatamente. Tudo contra mim.
Tudo bem, começo dizendo que um PÉSSIMO humor habita meu ser. Por si só, isso já é motivo pra não ter aberto este blog. Mas tudo bem, abri. Podia ter ficado só no ‘add new post’, mas nãooooo, não, a idiota tinha que ler o que estava escrito.

Não sei quem escreveu aquilo aqui embaixo ou quem escreve estas linhas. Ou talvez eu seja bipolar. Não sei.

Só sei que, na boa? Eu não fui nada modesta sobre coisas que eu NEM SOU!!!
Eu não sou boa filha, boa neta, boa sobrinha e/ou boa prima. Ou pelo menos não sou como gostariam que eu fosse e isso já é suficiente(pra mim. SUA opinião, creio eu que APENAS hoje, realmente não me importa). Esses dias natalinos e de ano novo são sempre bons pra me fazerem ver o quanto ainda falta pra ser realmente alguém bacana. É só imaginar como um serzinho como eu se comporta em dias de mau humor como este. Nem eu me suporto. Acho que falei o equivalente ao que falo em 1 minuto, considerando que cuspo palavras como quem respira. Meus lábios estão quase selados. Não posso ser, portanto, uma boa blablablá wiskas sachê que falei aí em cima.

Boa amiga?! Come on! Eu sumo, não dou notícia, fujo das pessoas (por medo, confesso. Não, não sofro de nenhuma “sociopatia”. Eu acho…)… Já me deram algumas broncas nesse ano que GRAÇAS A DEUS está acabando. Eu juro que tento, mas como falho comigo mesma, não creio ser possível acertar com os outros.
Meus amigos são até muito bons pra mim; me aturam, me procuram, respeitam meu espaço, perdoam meus atrasos e meus inúmeros e incontáveis furos. Eu JURO que tento ser melhor, mas simplesmente não tenho tempo de terapia suficiente pra modificar certos (maus) hábitos meus.

E como mencionei esses dias festivos, vamos falar sobre eles, shall we?!
Bem, como de praxe, estão sendo os dias mais longos do ano. E, também como de praxe, os dias que menos gosto durante o ano. Só perdem pr’aqueles dias “sinistros”, cheios de tragédias ou muito estresse.. Lê aí pra baixo que você acha.

Não nego que a hora do “vamos abrir os presentes” é sempre um alívio na minha infinita curiosidade e normalmente as pessoas acertam no que me dar. Este ano não foi diferente… O ruim, ruim mesmo, foi ver claramente o que a falta de emprego não me permite comprar nem um pacote de balas.

Ainda tá pra vir o New Year’s Eve. ODEIO. Um bando de rituais esquisitos, quando não obrigatórios, como na minha família, pra ver dar meia-noite num relógio. Oi??!?! São 364 meia-noites  (sem falar de ano bissexto) antes desse e nem por isso as pessoas dão valor. E não, não me venha com xurumelas que “vira o ano” porque absolutamente nada muda: você vai continuar com aquela espinha na testa, com os 5kg a mais da ceia de Natal, as resoluções pro ano vindouro são as mesmas do ano que passou e você não cumpriu. NADA MUDA a não ser o calendário. E a cada dia minha vontade de passar esse dia dormindo, com altas doses de Rivotril ou Lexotan na minha corrente sanguínea, aumenta.

Acho que já deu. Já reclamei do que tinha do que reclamar e já falei p que tinha que falar. Mas que fique claro: esse último post aí foi coisa de gente bêbada. De vez em quando eu fico, mas nem foi o caso. Acredito que uma força interior me impeliu a dizer tantas linhas de mentira. Mas todo mundo mente, né? Então desconsidera o post aqui. Sim, este mesmo. Deixa a mentira fluir… pode ser que um dia vire verdade.

Post Scriptum: fico verdadeiramente lisonjeada a ser comparada ao autor do livro mais fodástico que já li(disparado na frente de alguns prediletos como “Conte-me Seus Sonhos” do tio Sidney Sheldon e “Feliz Ano Velho“, de Marcelo Rubens Paiva.).  Não acredito que seja párea pra tanto, mas de coração, agradeço o elogio! Thanks!

Anúncios

One thought on “Qual é a da mentira e outros tópicos nada interessantes. Vá ler um livro.

  1. Nossa! Por que essa é a primeira vez que visito teu blog?…

    Então, Thati, você sabe que você é tudo isso e muito mais. É boa amiga, sim, que some sem dar notícias, deixa respostas automáticas muito mal-criadas no msn e uma bela noite fica horas ouvindo a amiga chorar.
    E é todo o resto também.
    Bj.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s