Mudaram as estações, nada mudou…

Momento de crise. Das boas. Lógico que eu não sou desequilibrada e minhas crises sempre têm fundamento; então esta também tem.
Passei a noite conversando com uma amiga de anos. Amiga de adolescência que agora tem um trabalho bom pacas, vai casar e começar uma 2ª faculdade. Nada disso me abalou horrores até porque a errada no mundo sou eu, com zilhões de conhecidos casando e trabalhando e eu dormindo às 5 da manhã e almoçando às 4 da tarde. Mas o que me chocou foi conversar com ela coisas até bem particulares e pras perguntas que ela me fazia, as respostas eram as mesmas de 8 anos atrás! C-R-E-D-O!

E eu me pergunto: como pode a pessoa simplesmente estacionar no tempo?!?! Meu corpo foi, minha idade tá indo mas a mentalidade tá voltando e não, não é uma coisa boa, quando a mente volta só pras coisas ruins e não pras boas. Perceber que perdi 2 anos da vida fazendo nada até entrar na faculdade e perceber que estou com 1 ano de formada e minha vida tá beeeem pior do que quando era acadêmica me assusta! É muito tempo perdido com nada!
Ano passado achei que precisar ter objetivos difusos, não me concentrando em merda nenhuma porque achava que concentrando em várias, a chance de conseguir alguma era grande. Ledo engano. Me ferrei feio, e como agravante tenho essa coisa de doença mental babaca que não vai embora.
Mesmo agora que eu estou há um mês vivendo por conta própria, me achando a dona de mim mesma e do mundo, vejo o quanto eu me engano achando que estou bem. Quando estou bem acho que estou ótima e volta à rebeldia característica, deixando tudo de lado. Aí quando o cerco aperta e eu vejo que nada mudou, volto desesperadamente aos meus hábitos necessários na esperança de uma cura pra algo que eu não trato como deveria.

Então… desde 2007 cultivando coisas na minha mente, que evoluem pro meu corpo e invadem meu ser a ponto de me modificar como ser social. E volta a preguiça. E volta o desânimo. E volta o sono que não passa. E vai embora o humor. E volta a ansiedade e a enxaqueca. E o mundo que parecia tão colorido não passa mesmo é de uma imagem refletida nos óculos de alguém, não vivo isso. I play tricks on me, achando que sim, mas não. Vivo uma realidade de cor acinzentada, que varia no máximo pros tons pastéis. Não que eu goste disso, mas não faço esforço pra mudar. Não porque não queira. Mas por achar que quando estou bem já estou ótima, mas nem tudo é assim.

Me descobri inapta pra vida. Não tenho objetivos claros, porque minha mente ainda adolescente acha que pode abraçar o mundo e fazer tudo que a mente ainda sonhadora e ingênua acredita ser possível. algo dentro de mim ainda não assimilou que tenho uma ‘profissão’ e preciso saber exatamente o que fazer dela, porque rolar de um lado pro outro, em extremos que não se combinam, só me faz perder tempo. Concurso, Mestrado, trainee, escritório… o que? Não sei. A adolescente dentro de mim quer tudo isso MAIS uma 2ª faculdade, tudo ao mesmo tempo.

E eu ainda não considero algo muito relevante: eu não sou nenhum gênio. Nem sou sortuda. Só minha avó passou no vestibular fazendo prova de francês sem nunca ter estudado. Isso não é da minha natureza. então o que me faz acreditar que tenho perfil de Mestranda? Acho que é muita prepotência da minha parte. Sem contar que essa situação que (con) vivo há 2 anos me tira qualquer disposição pra estudar (pra sair de casa, pra ser sociável, pra tudo, enfim) e minhas rebeldias não ajudam.

Crises.
E eu que achei que elas cessariam logo nesse ano. Eu ainda consigo me enganar, o que é o mais hilário nessa história toda. Tenho enganado a muita gente, não por maldade, mas por achar que assim é melhor pra todos. bobinha eu. E pior pra quem acredita, porque são essas pessoas que não aceitam o fato de nada ter mudado.

Agora.. se pros outros é complicado, imagina pra quem passa?!

Talvez teria sido melhor não ter existido; simplesmente não me adapto. Não amadureço. Não evoluo. Só ocupo espaço.

Síndrome de Peter Pan não funciona no mundo real. E imaginar que nunca gostei da personagem.

Anúncios

Um comentário em “Mudaram as estações, nada mudou…

  1. oi Amiga!!!
    Sempre fazemos planos para a nossa vida e nem sempre eles se realizam dentro do prazo previsto (eu diria que quase nunca isso ocorre)! Mas isso não implica dizer q n podemos continuar sonhando, esperando e buscando ativamente a realização dos nossos sonhos!
    Se diante de vc há um mar de opções sobre o q fazer, n se intimide! Faça tudo, mas escolha o q vc quer fazer primeiro e se concentre neste objetivo. Pergunte-se: qual a sua maior ambição agora? Estágio? OAB?Trabalho? Mestrado? Namoro/Casamento?
    Algumas pessoas conseguem equilibrar mais de uma atividade como estas ao mesmo tempo, mas, certamente elas iniciaram com uma só e em seguida foram assumindo outras responsabilidades…vc tb pode fazê-lo, mas por onde quer começar?
    Estou com saudades de vc!!:)
    bjão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s