Voltei a escrever porque senti saudades.

Eu tenho sentido uma necessidade enorme de voltar a escrever. Mas nada de desabafos inglórios e chorosos; queria escrever umas crônicas. Falar da vida.

Meu humor, o bom, de raiz, tem sido uma constante e sinto que tem muita coisa bacana que poderia colocar pra fora. Não existe pretensão alguma nisso, é só uma manifestação de vontade declarada pra ver se tomo vergonha e faço algo a respeito.

Enquanto isso, bebo minha cervejinha, vejo Game Of  Thrones e espero minha super porção de batata frita chegar.

Anúncios