Cores e sinestesia

Cores. Amarelo. Azul. Vermelho. Roxo. Preto. Verde. Marrom. Vinho. Cinza.

Cores.

Foi tudo em que pensei hoje. Fui andando da Uruguaiana até o estágio procurando o que comer. E escutando minha música, alheia a tudo que acontecia; ao trânsito, aos pivetes, às milhares de bancas de jornal que tem no caminho. E até mesmo aos bonitinhos executivos do centro da cidade.

E minha música começou a dar sensações diferentes, quase estranhas a mim. E CéU se tornou Amarelo. E Chicas se tornou amarelo. The Killers e Damien Rice também. Cada um no seu tom. Mais forte ou mais fraco. E o mundo foi tomando cor na minha mente.

E na verdade agora, tudo tem cor. Música, meus textos, minha vida, minha profissão.

E depois de usar branco por 4 dias consecutivos, creio que é algo que procuro mesmo.

Todas as cores em mim. E se catar, talvez eu ache. Talvez encontre o preto das coisas ruins; o vermelho de tudo que é bom. O azul dos meus textos. O caramelo da minha vida.

E talvez um dia, num futuro próximo assim se espera, eu encontre um rosa. Ou roxo.

[O marrom sou eu (!!!)]

Quero minha essência colorida, como aquelas caixas de lápis de cor que mãe comprava no começo do ano letivo (eu sempre quis a de 48 cores, ou 36 – nem sei se existem mesmo – mas só ganhava a de 24).

Quero enxergar em mim o arco-íris que a Xuxa tanto falava (mas não o dela, porque nada que vem dela eu gosto). Viver expelindo o vermelho do meu sangue. Ou mesmo o amarelo da música que canto e ouço. Talvez o azul das coisas que tento expressar nos meus textos.

Quero dias assim, cheios de Sinestesia. Cheio de cheiro gostoso do amor. Ou o barulho ensudercedor do ódio. Mas hoje só as cores. As cores que tenho, as cores que quero.

E quero todos os rosas, todos os laranjas, todos os beges. Todos os prateados. E lilases. E a turquesa. E o caramelo. O índigo. O Cáqui. A lima. A Magenta. O pêssego. O dourado. Ferrugem. Gelo. Linho. Oliva. Mocassim. Violeta. Preto. Tomate. Lavanda. Púrpura

cores1.jpg

 

 

p.s.: acabei comendo esfihas do Habib’s

Anúncios